Pesquisar neste blog

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Válter Guerra - historiador


VÁLTER DE BRITO GUERRA, Historiador, memorialista, nasceu em 12 de agosto de 1923, Autor de Apodi no Passado e no Presente, História e Vultos da Minha Terra, A Derrota de Um Coronel e Mistura de Frases e Palavras. 

Válter revela em suas obras um amor inconteste por Apodi. Todos os seus livros falam do município. Seja a forma descritiva, romanceada ou crítica. Publicou muitos artigos nos jornais da região, Gazeta do Oeste e Folha do Apodi.

O historiador gostava de ressaltar as riquezas de Apodi, como as carnaubeiras, o potencial hídrico, propício à produção pesqueira, o clima, a cultura popular, com seu belo Pastoril, a lagoa legendária, que encantou os primeiros imigrantes, nos idos de 1680, quando ainda viviam em suas margens os índios Paiacus, do grupo étnico Tarairiú. Morreu em 11 de setembro de 2002.

Fontes: 
Texto: Isauro Oliveira - O município de Apodi.
Foto: www.aelapodi.blogspot.com

sábado, 26 de fevereiro de 2011

TudodeApodi.com

Agora ficou mais fácil encontrar tudo de Apodi. Clique em http://www.tudodeapodi.com e conheça a nossa história. Lembrando que você também faz parte dessa história. o email tudodeapodi@hotmail.com está à sua disposição.
O site é do povo de Apodi. Pode mandar sua biografia, a de quem você conhece que acha interessante, fique à vontade.

Flaviano Monteiro - ex-prefeito


FLAVIANO MOREIRA MONTEIRO
, natural de Apodi-RN, nasceu em 05 de maio de 1972. Professor de História, exerce sua profissão em escolas públicas estaduais nos municípios de Apodi, Felipe Guerra e Taboleiro Grande. Na cidade de Apodi, ainda atua numa escola da rede privada de ensino. Foi presidente do Fórum de Entidades Representativas de Apodi – FERSA por seis anos. À frente do Fórum participou de lutas históricas em prol da cidade de Apodi, localizada no oeste do Rio Grande do Norte. É membro da Academia Apodiense de Letras (AAPOL).

Em 2008, foi candidato a prefeito do município de Apodi pelo PCdoB, tendo como companheiro de chapa a vice-prefeito José Maria da Silva, obtendo uma votação de 10.771 votos. Flaviano Monteiro perdeu nas urnas, mas ganhou a simpatia, o respeito e a admiração dos apodienses, oestanos e potiguares. Ícone do movimento chamado de Nova Geração, Flaviano ensinou ao RN outra forma de fazer política. Crianças e adultos, homens e mulheres, estudantes e professores, pescadores e empresários, todos foram às ruas abraçar a candidatura do “Eu Acredito”. Num movimento nunca antes visto na história política da cidade, a Nova Geração quebrou paradigmas ao fazer as pessoas lutarem por dias melhores em detrimento das cores, bandeiras e do tradicionalismo político. No seu palanque estiveram todos quanto desejaram. Era o sonho da mudança, da libertação; era o povo sentindo-se o verdadeiro dono do Apodi. Flaviano, vindo das bases, dos movimentos sociais, ajudou a plantar uma semente de mudança que toma conta do apodiense.

Em 2010 o professor Flaviano Monteiro foi candidato a deputado estadual e apesar de não ter sido eleito, passa a ser visto em Apodi, como um dos vencedores da eleição. Ele foi o candidato a deputado estadual mais bem votado no município, com uma expressiva votação que atingiu os 11.608 votos, o que corresponde a 54,69% dos votos válidos para deputado estadual no município.

Em 2012 foi novamente candidato a prefeito, tendo Zé Maria como seu companheiro de chapa a vice,  e foi eleito com 13.057 votos para o mandato no período de 2013 a 2016.

Nas eleições de 2016, foi  candidato a reeleição  tendo novamente como companheiro de chapa a vice-prefeito, o empresário Zé Maria, no pleito de 02 de outubro de 2016 obtiveram 10,652 votos, mas não lograram êxito.
Fonte: Texto de João Paulo no blog malvinas-net.