Pesquisar neste blog

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Programação do Carnaval de Apodi 2019






Tese: Produção e Qualidade de Sementes de Quinca em função do Arranjo Espacial -

Tese: Produção e Qualidade de Sementes de Quinca em função do Arranjo Espacial
Autor(a): Antonio Francelino de Oliveira Filho
Curso: Doutorado em Fitotecnia
Instituição: Universidade Federal do Ceará  - UFC
Publicação: 2017
Fonte do artigo: Repositório UFC


quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Eleneide Gurgel - bióloga


ELENEIDE PINTO GURGEL nascida em 27 de janeiro de 1990, filha do agricultor Antônio de Lisboa Gurgel e da Gari Isabel Pinto Gurgel. Vem se destacando no cenário acadêmico, científico e escolar. Sempre foi uma aluna dedicada e amante da leitura. Ingressou na Universidade Federal Rural do Seminário em 2008, onde foi aprovada em 5º lugar para o curso de Agronomia. Mesmo gostando, não se identificou com o curso, resolveu seguir sua paixão de infância e cursou Biologia. 

Ingressou na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte em 2009 onde cursou Ciências Biológicas (bacharelado). Logo no segundo dia de aula passou a fazer parte do Laboratório de Cultura de Tecidos Vegetais, a convite daquela que foi sua orientadora por todo tempo que ficou na UERN. Sendo bolsista de iniciação científica por cerca 5 anos. Durante o tempo de curso, publicou vários resumos e artigos, participou de vários congressos nacionais, regionais e internacional. Em 2013 concluiu o curso em 7 semestres, e teve colação de grau extraordinária pois foi aprovada em primeiro lugar no Mestrado em Ciências Naturais. Ingressou no mestrado em 2013. Ainda em 2013, ingressou novamente no curso de ciências biológicas (licenciatura) na UERN, tendo cursado parte do curso simultaneamente ao mestrado. Em 2015 concluiu o mestrado em Ciências Naturais. E no mesmo ano, foi aprovada no doutorado em Fitotecnia da UFERSA, sendo novamente o primeiro lugar na linha de pesquisa escolhida.
Em 2016 iniciou sua jornada no doutorado, e foi aprovada em segundo lugar, para o cargo de professora permanente nível 3 para compor o quadro de professores da secretaria de educação e cultura do RN. Sendo convocada no dia 08 de abril de 2017, onde novamente teve que colar grau em caráter extraordinário para concluir a licenciatura e tomar posse de sua vaga. É professora de biologia do estado e vem adotando uma postura de inserção de aulas práticas e de campo nas escolas por onde passa. Tornando a biologia uma disciplina atrativa de forma prática e barata. 

Sua tese, objetiva caracterizar o Mandacaru, planta símbolo do bioma Caatinga, nos aspectos morfológicos, físicos, físico-químicos e moleculares, e está em fase de conclusão. É casada com João Batista Gurgel de Freitas Santos e mãe de 2 filhas, Giovanna e Giulia.

terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

Dissertação: DESENVOLVIMENTO DE Batis maritima L. SUBMETIDA A ESTRESSES E CARACTERIZAÇÃO DE SEUS FRUTOS

Dissertação: DESENVOLVIMENTO DE Batis maritima L. SUBMETIDA A ESTRESSES E CARACTERIZAÇÃO DE SEUS FRUTOS.
Autor(a): Eleneide Pinto Gurgel
Curso: Mestrado em Ciências Naturais
Instituição: Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN
Publicação: 2015
Fonte do artigo: Repositório UERN
Clique para ver ou baixar

sábado, 9 de fevereiro de 2019

Tese: A Construção Social da Cidade do Prazer: Urbanização Turística, Cultura e Meio Ambiente em Natal (RN)

Tese: A Construção Social da Cidade do Prazer: Urbanização Turística, Cultura e Meio Ambiente em Natal (RN)
Autor(a): Edmilson Lopes Júnior
Curso: Doutorado em Ciências Sociais
Instituição: Universidade Estadual de Campinas  - UNICAMP
Publicação: 1997
Fonte do artigo: Repositório UNICAMP

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

GRUJOSP do Córrego celebra 35 anos de história

O Grupo de Jovens São Pedro – GRUJOSP do distrito de Córrego, Apodi RN celebrou no último final de semana seus 35 anos de história. Na sexta-feira (01) reuniram-se na Capela de São Pedro em uma celebração de agradecimento por todo o percurso de luta desses jovens. Já no sábado (02) o grupo reuniu-se em sua sede com a participação de alguns ex-membros do grupo que vieram contar um pouco de sua experiencia de vida dentro do grupo e falar da importância do GRUJOSP para a comunidade. 

Um pouco de história
O Grujosp foi fundado por 12 componentes no dia 02 de fevereiro de 1984 através da articulação do entao vigário da paróquia de Apodi padre Theodoro Sniders. Ao longo de sua história o grupo tem desempenhado uma função social dentro da comunidade de Córrego com muitas ações que incentivaram o protagonismo juvenil dos jovens nesse mundo com uma gama de desafios postos a juventude. 

Parabéns, GRUJOSP.