Pesquisar neste blog

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Duas personalidades memoráveis - Maria Luiza

Aos meus pais: Cássio e Zélia

Meu pai
me ensinou
em meio à luta,
à dor,
valores
inegociáveis
honestidade
dignidade
simplicidade
nas intenções
ações
reações
na caminhada
fatigante,
dia após dia,
ao longo dessa vida,
quando muitas vezes
o seu suor escorria
frente à jornada
causticante
de um sertanejo
brilhante
tal qual o sol,
o seu acompanhante.

Minha mãe
sempre se
esmerou
em mostrar
o valor de
ser
crescer
permanecer
mulher honrosa
através de suas
atitudes calorosas
virtuosas
como o amor
a dedicação
a firmeza de caráter
princípios que
não tem preço
mas apreço
em todo
e qualquer contexto
ou desfecho.

Meu pai,
um agricultor
simples
humilde
decente
nunca envergonhou
a gente,
ao contrário,
sempre nos
orgulhou
pela causa que
abraçou
fazendo de seu ofício
uma arte
um compromisso
trabalhando com
disciplina
seriedade
assiduidade
encarando o bem-estar
dos seus filhos como
uma prioridade
nas propostas
de seu coração
de pai.
(Criar dez filhos não é brincadeira!)

Minha mãe
sempre escreve
comigo
no perigo
nas calmarias
orientando-se
para a vida
compreensiva
ansiosa
por vezes chorosa
mas amorosa
nessa lida
muitas vezes
dolorosa,
dizendo-me
para avançar
e a vida enfrentar
citando frases simples
tais como:
Lute para
sair
reagir
a essa tristeza.
Pense EM VOCÊ
reaja POR VOCÊ
Algo marcante
tocante
que me ajudou
a vencer
num momento
difícil
em que pensei
perecer.

Meus pais
nunca tiveram
muito dinheiro
mas sempre
se colocaram
à nossa disposição
abdicando  de seus
sonhos
projetos
para tornar os nossos
concretos
São bênçãos de Deus
a nós,
os filhos seus

Papai e mamãe,
a vocês
todo o nosso agradecimento
pelos conhecimentos
que nos transmitiram
nos transmitem
ao longo da jornada
do existir
Obrigada
pelo ser
pelo ter
pelo reconhecer
que vocês
são a base
maior
de nossas existências
pois Deus
em sua Ciência
concedeu-nos
um grande pai
uma virtuosa mãe.

"Vozes de um coração''
Maria Luiza Marinho da Costa

Nenhum comentário: