Pesquisar neste blog

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Gênese Tapuya - Mônica Freitas

A imagem pode conter: 2 pessoas, close-up
Antes do começo estavam ali:
Aquele silêncio vivo, entoado de cantos naturais
Aquelas águas tão lindas, tão maternas
De ares tão perfumados, de ventos que já não são iguais
Aquelas meninas, mulheres e moças primevas
E os homens, que tanto andavam? Os nossos originais?

Como disse o historiador
“Que o silencio e a paz reinavam às margens do Itaú
Que para cima e para baixo andava e ali vivia
Aquele povo valente que tinha o corpo nu
Que corria da chapada para as margens da lagoa
Um povo denominado de Tapuia Paiacu"

Dessa tribo que na verdade era a Tarairiú
Nascemos e demos origem ao nome Apodi
Não fomos tão resistentes como foram os do Norte
Pois nossa flora tão rala, não nos permitiu fugir
Mas mesmo com a mistura, ainda estamos aqui.

Nós somos filhos da terra, nós somos filhos da luta
Dentro de uma história que tentou nos encobrir
Somos da raça tapuia, que o Nordeste habitou
Somos os primeiros povos, que pisou no Apodi
E nossa terra, nossa gente ainda vive aqui.

Apodi/RN
- professora, escritora e poetisa apodiense

Nenhum comentário: