Pesquisar neste blog

sábado, 21 de janeiro de 2017

Geraldo Inglês



GERALDO GOMES DA COSTA, conhecido popularmente como “Seu Geraldo Inglês”, nasceu no Sítio Lagoa do Taboleiro, no município de Apodi/RN, no dia 27 de março de 1938. É filho de João Joaquim da Costa(João Inglês) e de Maria Gomes de Oliveira. É o segundo filho de uma família de seis irmãos. Acredita-se que o apelido “Inglês”, deve-se ao fato de alguns membros de sua família era originários da Inglaterra, país localizado no continente europeu. 

Entre 1946/1947 por volta dos 8 ou 9 anos de idade, começou a estudar com a professora particular Maria Geralda, no Sítio Barro Vermelho, onde cursou o ensino primário somente até 4 ª série(atual 5º ano do ensino fundamental). Entretanto, não concluiu a quarta série, começou desde cedo a trabalhar na agricultura com os seus pais. 

Casou-se aos 21 anos de idade, em 11 de outubro de 1959, com  a professora Alaíde Maria da Costa(Filha de João Batista de Oliveira Filho e de Maria Tomazia da Conceição), com quem teve uma prole de 9 filhos, sendo que atualmente apenas 6 estão vivos. São eles: Luis Alberto da Costa(Luis do Espertinho), Maria Irene da Costa, Eilson Gomes da Costa, Evanildo Gomes da Costa, Maria Eliene da Costa, Maria Eliete da Costa. 

Foi comerciante do ramo de tecidos na década de 1950, trabalhando ao lado de João Custódio, e também durante algum tempo com João Lucas de Lima. 

Fez os cursos de Cooperativismo e Educação Política. Fez parte do CPT – Conselho Pastoral da Terra. Foi Ministro Extraordinário da Eucaristia na Igreja Matriz de Nossa Senhora Conceição e São Batista, função que também desempenhou na Capela de Mãe Rainha no Bairro Bico Torto. 

Foi também professor do MOBRAL – Movimento Brasileiro de Alfabetização, entre as décadas de 70 e 80. O Mobral foi um projeto do Governo Militar(Iniciado em 1967 e extinto em 1985), que tinha como proposta a alfabetização de jovens e adultos

Em 1978, foi candidato a Presidente do STTR – Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Apodi mas infelizmente não foi eleito. 

No ano de 1982, época de eleições municipais em Apodi, candidatou-se ao cargo de vereador, sendo que obteve 74 sufrágios (votos), entretanto, não galgou êxito. Uma pena, visto pelo fato de que Geraldo Inglês, apesar de não ter concluído o ensino fundamental, é um homem inteligentíssimo, grande conhecedor dos fatos  políticos que aconteceram em sua época. Com certeza, se tivesse sido eleito, traria projetos de suma importância para a sociedade apodiense. 

Foi também “professor” do MOBRAL – Movimento Brasileiro de Alfabetização, entre as décadas de 70 e 80. Trabalhou na agricultura até o ano de 1992. Depois, foi funcionário público da Prefeitura Municipal de Apodi(PMA) durante 15 anos. Foi um dos principais fundadores do SINTRAPMA – Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais de Apodi, onde foi o Primeiro Presidente Provisório dessa entidade, no ano de 1996.

Esse é Geraldo Inglês, um homem que gosta de está ligado dos principais fatos que acontecem em Apodi, no Rio Grande do Norte e do Brasil, dando suas contribuições em programas de rádio local, fazendo comentários, críticas e sugestões em busca de soluções para um determinado problema. É um dos homens mais inteligentes de Apodi, conhece fatos históricos e até “inéditos” que poucos conhecem. É fiel seguidor da religião católica, gosta muito de ler a bíblia, de conversar com seus amigos, de relembrar os tempos de infância, do Apodi no antigamente, lembranças que o fazem feliz e até o emocionam. 

Uma pessoa que constituiu uma família com educação, respeito e muito amor. Seu Geraldo é realmente muito querido pelo povo apodiense. 

Atualmente, Seu Geraldo Inglês é aposentado e mora no Bairro Bico Torto, município de Apodi. 

Um comentário:

Marcos pinto disse...

No contexto das grandes amizades que marcam os dias da nossa existência, pode-se afirmar que o amigo Geraldo é um homem a quem podemos apertar a mão sem temer nenhuma traição. É uma pessoa bem informada, com os pés no chão, sem motivações politiqueiras, paixão ou ódios. Herdou e traz no sangue a fidalguia no trato, característica comum em todos os componentes da tradicional família popularmente conhecida como dos "INGLESES", referencial que os antigos da família afirmavam ter origem pela conotação fisionômica agalegada e de olhos bem azuis, características presentes no renomado patriarca MANOEL ANTONIO DA COSTA, que era o mesmo famoso e benquisto Manoel Inglês. A família "Inglês" tem como feudo territorial o sítio "Ponta Dágua", lugar paradisíaco situado na margem da nossa Mãe-Lagoa de Apodi, e vizinho ao sítio "Bico-Torto".