Pesquisar neste blog

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Cabrallna - Aluisio Barros

- A quem interessa
nossas dores expostas?

- Aos da casa branca
com a mesa posta?

- Não, a poesia
não vive de dores.



"Anjo Torto" - Aluisio Barros de Oliveira 

Nenhum comentário: