Pesquisar neste blog

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Quero alguém - Saúde Paiva

Por que você não me entende?
Eu não quero a tua bondade.
Quero apenas um semelhante
Com quem possa partilhar
Meu amor,
Alegria,
Trabalho.
O meu mundo fantasiado
De sonhos irreais,
Tristeza,
Desilusão,
E enfim
Quero que alguém possa viver neste mundo
Turbulento,
Infame,
Cheio de sacrifícios,
Eu quero alguém com quem possa
Dividir as minhas ilusões,
Os meus pedaços de sentimentos,
As minhas explosões em noites de lua cheia,
O medo que me arrasta ao escuro da caverna.
Eu quero alguém que ouça os meus desabafos,
Que acalante a minha solidão.
Eu quero alguém que me ame!

Nenhum comentário: