Pesquisar neste blog

domingo, 7 de setembro de 2014

Alunos do IFRN realizam a exposição "Carpe Diem, Tempus Fugit" – Homenagem a Rubem Alves



“Talvez na morte possa se encontrar o Grande Reconhecimento”. Tal frase não poderia ser mais apropriada para o que iremos relatar. O Brasil há alguns meses perdeu mais um herói, um que não podemos deixar passar em branco. Um que foi, além de escritor, um psicanalista incrível, um educador excepcional e um teólogo incomparável. Rubem Alves. 

Este homem, dotado de tão extraordinário saber, conseguiu passar para nós, meros homens, pensamentos tão profundos que não devem ser esquecidos, isso por meio de suas crônicas extremamente elaboradas e de seus relatos inconfundíveis. É por esse exato motivo que a turma de Informática, 1° ano, 1.8401.1V, resolveu, sem hesitar, em dar a este homem o mínimo que lhe é merecido: uma singela homenagem post mortem. Para a I Semana de Linguagens do Campus IFRN/Apodi, convidamos vocês a verem e apreciarem a genialidade deste homem, em um painel com suas famosas palavras e crônicas.  

Texto de Artur Vinicius 

Nenhum comentário: