Pesquisar neste blog

sábado, 2 de novembro de 2013

Fátima Nobre - ex-vereadora

MARIA DE FÁTIMA GOMES NOBRE E SILVA, natural de Itaú-RN, nascida a 22 de Maio de 1955, filha de Antonio Nobre de Albuquerque e de Francisca Gomes Bessa. 

Foi eleita a primeira Vereadora da história política de Apodi, eleita em 15 de novembro de 1982 com 353 votos, pela legenda do PMDB.

Na campanha política de 1982 percorreu todas as ruas da cidade de Apodi numa cadeira de rodas, sem dispor de condições econômicas para arcar com o seu material de propaganda, contando apenas com o apoio do renomado radialista mossoroense J. Belmont, que fez campanha em seu favor, o que a fez ser eleita em sexta colocação. Foi solenemente empossada em 31 de Janeiro de 1983, concluindo o mandato em 31 de dezembro de 1988.

Como profícua Vereadora fundou a ADERN - Associação dos Deficientes Físicos do Rio Grande do Norte a qual prestou relevantes serviços aos Apodienses. Passou a condição de portadora de necessidades por contingências violentas maritais inserida na rubrica da Lei Maria da Penha. É Sócia-Correspondente da Academia Apodiense de Letras (AAPOL), e posteriormente eleita para o ínclito quadro de Sócia-Efetiva. Reside atualmente em Mossoró-RN. A professora Fátima Nobre, é considerada filha adotiva de Apodi, onde já fora vereadora e desenvolveu excelente trabalho social junto à comunidade. Fátima fora vitima nos anos 70 de tentativa de homicídio, praticado na época pelo seu próprio esposo, hoje vive em cadeira de rodas. Atualmente reside na cidade de Mossoró, mas seu coração sempre está em Apodi. 

Texto do insígne historiador José Maria das Chagas - J.Maria, extraído do seu respeitável e celebrado Portal Oeste News.

Nenhum comentário: