Pesquisar neste blog

domingo, 8 de setembro de 2013

Gabriel Leite - 2º fotógrafo de Apodi

GABRIEL LEITE DE AMORIM, natural de Martins/RN, nasceu no dia 11 de setembro de 1926, era o filho mais velho de Almino Leite e Teresa Andrade. Trabalhou como agricultor com o pai e quando completou a maior idade mudou-se para Apodi e passou a trabalhar como sapateiro com o Sr. Francisco Alves. Casou-se com Maria do Socorro Rodrigues com quem teve 8 filhos.  

Em 1952, mudou-se para Natal onde também trabalhava com sapateiro. Tinha uma inteligência ímpar, apesar de só ter cursado a 4ª série primária. Aprendeu em Natal a arte da fotografia e de operador de cinema trabalhando como ajudante de operador no Cine Rex. Morou durante 9 anos em Natal e voltou para Apodi em 1961 já como fotógrafo profissional, foi o mais popular da época e também o mais irreverente. Gabriel Leite foi o segundo fotógrafo de Apodi, o primeiro foi João de Maria Flor seu antecessor, por quem Gabriel tinha muito apreço. 

O amigo Gabriel Leite deu também uma grande contribuição na cultura apodiense. Quando Pe Pedro Neffs fundou o primeiro conjunto musical de Apodi – “Os Diamantes’’, Gabriel chegou a ensaiar tocando como contrabaixo como membro da banda de música. Gabriel foi sempre muito honesto, e quando sentiu suas dificuldades em conciliar a sua profissão de fotográfo com a de músico, pediu para sair. Quem assumiu o seu lugar no contra-abaixo foi o músico Manoel Georgino. Chegou a tocar requinta na Banda de Música da FUNDEVAP, na época com o nome de Banda de Música Alex Maia.
      
Foi um dos melhores jogadores de damas, bandeirinha no futebol, animava os apodienses no cinema de Altino, ou seja passava filmes, trabalhou por vários anos no Cine Odeon como operador de cinema. Primeiro a vender a Loteria Esportiva da Caixa, como também o primeiro a montar uma banca de revistas que funcionava no próprio ponto da foto, sapateiro no tempo da ditadura. Chegou a trabalhar como fotográfo por pouco tempo para o então Jornal O Poti de Natal.  Foi também candidato a vereador na campanha de Dr. Pinheiro. Gabriel Leite faleceu em 9 de janeiro de 1992 na cidade que ele escolheu para morar. 

Fontes: Valdir Leite e Marlete Leite filhos do fotógrafo Gabriel e o músico Manoel Georgino.

Nenhum comentário: