Pesquisar neste blog

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Sentimentos - Saúde Paiva


SENTIMENTOS são como pedaços
De papel jogados ao vento
uns sobem alto como pássaros querendo ter
vida própria.
Outros logo caem no chão da calçada
Se transformam em nada.
Viram dor no coração da gente,
se esfacelam ao longo da estrada.
SENTIMENTOS são assim
como água corrente
Em enxurrada
Carregam tudo que encontram
Ao seu redor, ou como
Agua calma
Lavam a alma.
São tão transparentes
Que deixam-nos ver por dentro.
Transformam tempestades em brisas
Ou é a brisa que vira tempestade.
SENTIMENTOS são como fogo
Queimam em labaredas
Ou ficam adormecidos
Como brasas sob as cinzas.
Reacendem em faixos
Luminosos, iluminando
A razão, a emoção, o coração.
SENTIMENTOS são como a terra
Fecunda, féritl, trabalhada,
Dela nascem novos frutos,
Que se transforma em vida.
E o que é a vida
Senão um sentimento
De amor no universo
Do nosso pensamento.

Nenhum comentário: