Pesquisar neste blog

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Ficção e sonho - Raimundo Torres

Ficção e sonho.
Em pleno sonho...
Algo se desfez, como uma nuvem.
Como espuma flutuante, numa correnteza veloz.
Em pleno sonho...
O meigo sorriso se atenuou, como um flash rápido...
Quase que imperceptível...
Em pleno sonho...
Abela flor se desabrochou,
Se despetalou, tão brusca,
Tão repentina, como a mudanças das estações...
Em pleno sonho...
O beijo afectivo...
Ora afectuoso,
Ora estranho,
Cerrou-se ...
Emudeceu...
Em pleno sonho...
Pés caminham por entre pedras...
Olhos fitam horizontes,
Inatingíveis...
Intransponíveis...
Em pleno sonho...
Um grito ecoou...
Tão tímido...
Tão trêmulo, como o pêndulo de um relógio atrasado...
Acordei...
Nada foi real...

Nenhum comentário: