Pesquisar neste blog

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Medo - Raimundo Torres

Fechar os olhos...
Esconder o rosto triste e amedrontado,
Para não ver sua própria figura na parede...
Velha,
Suja,
Riscada pelos janeiros já passados...
Não abre nem as suas mãos...
Que permanecem fechadas
Para não sentir a brisa dos seus dedos magros...
Revoltado, lança um olhar no mundo...
Tudo...
Todos parecem querer lhe destruir...
Lhe modificar...
Sente nos nervos, a fraqueza...
O desânimo
No peito, o coração parece-lhe saltar pela boca...
Cujos lábios trêmulos, parecem protestarem
Gritar fortemente, contra tudo e contra todos...
Contra a extinção da Paz,
Do amor,
Da alegria...
Teme seus próprios passos...
Seus movimentos, parecem-lhe vultos secos...
Lutando contra o medo...

1981, Apodi/RN

Nenhum comentário: