Pesquisar neste blog

domingo, 5 de maio de 2013

Memórias - Paulo Filho Dantas

“Viver é melhor que sonhar,
Ensinar é bem mais aprender,
Se digo que não vou esquecer
É porque em ti estou a pensar.

Dizer, melhor forma de expressar,
Falar é muito mais que escrever,
Se te mostro todo o meu sofrer
É porque quero só a ti cantar.

Ouvir não é igual a escutar,
Amar é o sentimento do porvir,
Amo e escuto o silencioso iludir,
Mas não nego o teu sorriso no luar.

Fugir não atento, difícil logar,
Interessar devorando o sorrir
Dos seus olhos emanam luzir
É em vão dos beijos escapar.

Querer, fogo do ímpar desejo
Vagar na represa doce do ceder,
Tenha ido não há retroceder
Memórias, lanço-as ao mar.

Satisfazer presente e passado
Não condiz à futura felicidade
E encontrar paz nessa cidade
É ouro tal dia de céu estrelado’’.

Copiado do: Caminhos do Meu Ser

Nenhum comentário: