Pesquisar neste blog

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Juvanci Gomes - professor


JUVANCI GOMES FILHO nasceu na pequena comunidade rural de Santana, município de Caraúbas, no dia 24 de março de 1971, filho de Juvanci Gomes de Morais, agricultor e Maria Soares de Oliveira Gomes, costureira. Casou-se com Keila Maria da Costa Matias Gomes. 

Nasceu num período de grande efervescência política, onde muitos estudantes, professores, artistas, escritores, políticos foram perseguidos, torturados, muitos tiveram suas vidas ceifadas por lutarem por direito a liberdade de expressão e democracia. É nesse contexto social, Foi o primeiro filho que posteriormente recebeu a companhia de mais quatro irmãs num total de cinco do casal, tendo na família, sua inspiração maior para o meu crescimento e formação escolar.

Depois de algum tempo foram morar no sítio Rio Novo, município de Apodi. No final da década de 70 seus pais decidiram morar na cidade de Apodi com o objetivo de dar-lhe uma educação melhor, visto que, naquela época era muito difícil escola nas comunidades rurais, e consequentemente nos proporcionar um futuro melhor, pois o maior sonho deles era ver todos os seus filhos “formados”.

Ingressou no mundo da leitura e da escrita no começo da década de 80. No início de sua minha escolarização seus pais mesmo com todas as dificuldades financeiras nunca pouparam esforços para que pudesse estudar.  O ensino era baseado numa pedagogia tradicional, em que o professor tinha a função de transferir conhecimentos. Essa “transferência” era feita através de exercícios que apenas visavam à memorização. Essa metodologia era resultado de uma concepção em que se via o aluno como ser passivo e sem conhecimento, isso fez com que fosse uma criança tímida, sempre preocupada em obedecer.

Estudou da 1ª até a 5ª série no ensino fundamental na Escola Municipal Professora Lourdes Mota, pois não chegou a fazer a pré-escola por não existir na época na cidade nas escolas públicas.

A partir da 6º série começou a estudar na Escola Estadual Professor Antonio Dantas, só saindo dessa escola quando conclui o 2º grau (hoje Ensino Médio). Essa escola lhe proporcionou muitas alegrias, que marcaram sua vida positivamente. Nela conviveu com professores excepcionais que contribuíram bastante com conhecimentos indispensáveis na sua trajetória escolar aonde tem muito respeito e gratidão por todos, pois foram de suma importância na sua formação pessoal e profissional.  Nessa escola fez quase todo ensino fundamental e concluiu o ensino médio não profissionalizante conhecido com Científico e posteriormente o Magistério. 

Com o término do 2º grau, ingressou na Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, ano de 1996, no curso de Ciências Sociais, concluindo no ano de 1999. Neste curso recebeu bastante conhecimento, que serviu de suporte para ingressar na carreira de professor da rede pública municipal de Apodi/RN no ano de 1998. Trabalhou na Escola Municipal Francisco Targino da Costa – Distrito de Soledade, durante quase 07 anos, sendo 03 como professor e 04 anos como diretor. 

No ano 2000, passou no concurso do Estado do Rio Grande do Norte, onde pode realmente trabalhar a disciplina de Sociologia e posteriormente Física no Ensino Médio, visto que, no município era professor polivalente. Foi trabalhar na Escola Estadual Professor Antonio Dantas, escola que estudou em quase toda sua vida escolar.

Em 2007 fez vestibular em Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN, onde conclui em 2012. Neste mesmo período fez uma especialização em Tecnologias na Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro – PUC-RN. 

Trabalhou na Secretaria Municipal de Educação como técnico responsável pelos programas do Governo Federal, como: PDDE – Programa Dinheiro Direto na Escola e PROINFO – Programa de Tecnologia na Educação. Continua lecionando na Escola Estadual Professor Antonio Dantas, onde atualmente exerce o cargo de Diretor da referida escoa. 

Nenhum comentário: