Pesquisar neste blog

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Eis... juventude - Paulo Filho Dantas

“Deixando a poesia fluir
Que posso mundo alcançar,
Meu espírito a aturdir
A mente desejando sonhar,

Voe para longe mente minha,
Traga de volta a liberdade,
Você nunca está sozinha,
Celebre teu dom, mocidade.

A beleza de toda juventude
Está própria atitude
De única-bela se sentir.

Há quem queira partilhar
Dessa jovialidade a escapar
Dos desencontros, só e ir’’.

Copiado do: Caminhos do Meu Ser

Nenhum comentário: