Pesquisar neste blog

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Características dos solos do Apodi

Geologicamente, os solos do território de Apodi apresentam composições diferentes. Podem ser dividi-dos em quatro grupos. Para descrevê-los usamos termos comuns às suas características, pelos quais são popularmente conhecidos.

REGIÃO NORTE: A chapada do Apodi é uma área de importância para a economia do município, pe-los recursos naturais que contém. O solo de planalto é constituído de rochas sedimentares, calcários, argilas, encontradas nos mais variados pontos. A vegetação é densa e, em algumas partes compacta, com árvores que podem atingir até 20 metros de altura. A macambira é um vegetal que se encontra facilmente na área, bastante usada na alimentação de bovinos. Os solos são de boa fertilidade. Criam-se nessa região bovinos e caprinos.

REGIÃO SUL: Nesta região, grande parte de suas áreas acha-se coberta por pedras (seixos) de dimensões variadas, lajeiros e serrotes. O terreno é acidentado, principalmente a partir do Sítio Santa Rosa, notando-se a presença de riachos, açudes e depressões de terrenos.  Em sua maioria o solo é impermeável, devido à sua formação geológica, constituído de seixos cristalinos e de uma argila muito dura. A vegetação é composta de mato ralo, caatingas, predominando o mofumbo.

REGIÃO LESTE: Nesta área situa-se a planície aluvial do Apodi. Geologicamente constituída de aluviões que repousam em quase sua totalidade sobre os arenitos da formação Açu inferior. As aluviões são formadas de argilas (barro) escuras, limos e areias. O subsolo é rico em água, muito utilizada para culturas irrigadas. O solo é de alta fertilidade e sua vegetação é rala em toda área, predominando as moitas de mofumbo, velame, etc. A carnaubeira e a oiticica existem em quantidade regular no vale. São vegetais típicos das várzeas, onde a água é encontrada a pequena profundidade. O criatório da região é muito reduzido.

REGIÃO OESTE: Predominam nesta região os extensos tabuleiros arenosos, de vegetação rala em sua maioria. O mofumbo e marmeleiro são os vegetais que aparecem em sua maior quantidade. O solo, constituído de uma areia grossa, presta-se à formação de pastagens, onde se destacam os capins e as gramíneas para a alimentação dos animais. As terras são muito apropriadas para o cultivo de feijão. Os baixios apresentam condições de melhor fertilidade, prestando-se ao cultivo de milho, arroz e algodão. 

Fonte: Apodi, Sua História - Válter de Brito Guerra

Nenhum comentário: