Pesquisar neste blog

terça-feira, 2 de abril de 2013

Sonhos Castrados - Mônica Freitas

Sonhei subir na pirâmide
Não consegui.
Embaixo, vi os que estavam no topo
São poucos, são so que dominam muitos...

Queria estar entre os poucos,
mas eles não me aceitaram.
Lutei...gritei, chorei...
Até fome e sede passei

Fome de amor, fartura de dor
Fome de respeito, nunca uma flor
Sede de carinho, falta de calor
de calor humano que tirasse a dor

Fiquei entre os muitos:
os que choram, gritam, trabalham,
os que os seus sonhos encalham,
os mesmo sofrendo batalham.

Estou entre os marginais:
os que não querem assim viver,
vivem sem o sonho só com o sofrer,
se estilhaçam na vida não por querer,
às vezes constroem seu próprio morrer.


Nenhum comentário: