Pesquisar neste blog

sexta-feira, 26 de abril de 2013

É Por que - Paulo Filho Dantas

“É porque hoje não sei o que é solidão,
É porque hoje sinto que sou alguém,
É porque sinto o sangue nas minhas veias pulsar,
É porque hoje os mistérios da vida
Consegui com vocês desvendar.

É por querê-la só para mim,
É por venerar todo o seu jeito,
É por sentir dentro do peito,
É por deseja-la um bem assim,

É por não pensar noutra garota,
É por admirar a solidão da lua,
É por inalar teu cheiro em minha roupa,
É por vontade de esbarrar contigo na rua,

É para ter motivos para sorrir,
É para compartilhar minha loucura,
É para entregar toda a candura,
É para entender do universo o devir’’.

Copiado do Livro: Caminhos do Meu Ser

Nenhum comentário: